Receitas que acrescentam à culinária caiçara pitadas da cozinha oriental resultam em pratos que enchem os olhos e dão água na boca.

Já provou os sabores da Ribeira?

Quem esteve no Chef in Voga sabe do que estamos falando: do camarão envolto em disco de pupunha, com molho de manjericão roxo; da pupunha oriental aromatizada com gengibre e pimenta, acompanhada de camarões e lulas salteadas com vinho chinês e molho de ostra; da banana recheada com doce de leite, empanada em farinha especial, com sorvete e base de pé de moleque; entre outras tentações assinadas pelo chef Fábio Eustáquio.
Suas receitas com toque personalizado fizeram tanto sucesso que o Chef in Voga, evento que vinha sendo realizado todos os sábados, na Voga Marine, precisou ser encerrado para dar lugar ao Nós Gastronomia.
Localizado no mesmo endereço, com vista privilegiada para o mar, o restaurante ganhou mais espaço e modernidade na cozinha, para poder receber os clientes todos os dias na temporada!
A filosofia permanece: oferecer uma comida internacional, com pitadas asiáticas e toque regional, a exemplo do palmito e dos frutos do mar, base de muitos pratos. As receitas evitam frituras e dão preferência a grelhados e saladas, temperados com leite de coco, açafrão, canela, cardamomo e outras especiarias que sofisticam as refeições e instigam o paladar.

Ao lado da esposa, a designer de interiores Pryscila Tornelli, que cuida da administração e finanças, Fábio explica a escolha do nome. “Nós” remete ao mundo náutico: nós de marinheiro, nós de milha náutica. “Nós” é a primeira pessoa do plural. Plural é a nossa proposta: variada, múltipla, que oferece mais sabores e mais experiências.
“Nós”, por fim, sugere a ação de compartilhar, sobretudo as entradinhas, como o ceviche de peixe branco com leite de coco, ervas e pimenta dedo de moça, acompanhado de chips de mandioca caramelada com mel e limão, que pode ser provado por todos à mesa.
A apresentação dos pratos também faz enorme diferença, tornando ainda mais prazerosa a experiência de degustar as criações do chef premiado. Fabio Eustáquio é autor do famoso Cajutapu, talharim de pupunha salteado na manteiga de camarão, acompanhado de camarões grelhados e flambados ao molho de juçara. O prato, vencedor do Festival Gastronômico de Ubatuba, de 2011, já foi notícia da Isto É, 4 Rodas, Veja, Viagem, TV Vanguarda etc.
A fama, no entanto, não lhe subiu à cabeça. Fábio é um sujeito simples, que tem orgulho de ser caiçara e conta, com naturalidade, sua trajetória. Aos 20 anos, queria levantar dinheiro para morar fora do país e estudar inglês, então vendeu sua moto e, com um empurrão do destino, foi para Londres.

O seu primeiro trabalho na capital inglesa foi como lavador de pratos no restaurante asiático E&O, frequentado por estrelas como Madonna, Mick Jagger e David Beckham. Da pia para o fogão, ou como ele diz, “para a panela wok”, foi um pulo. Fábio logo se interessou pelo estilo diferente de cozinhar do renomado chef Ian Pengelly, tornando-se seu braço direito. Depois de cinco anos aprendendo as artimanhas da cozinha pan-asiática, voltou para o Brasil com bagagem para assumir as caçarolas do East, um refinado restaurante tailandês em São Paulo. Em Ubatuba, liderou a cozinha do Quiosque Cantinho da Lagoa, na Praia do Prumirim, onde cativava a clientela com seus pratos à base de frutos do mar, pupunha e seu toque asiático.

Nós Gastronomia
Reservas: (12) 99710 8512
Rua Plínio França, 335 – Térreo